Papa nazista e cobertor de pedófilo

São Paulo, sábado, 20 de março de 2010
Texto AnteriorPróximo TextoÍndice

ABUSO DE MENORES

Diocese alemã tem “tsunami” de denúnciasDA REDAÇÃO

A Arquidiocese alemã de Munique -que entre 1977 e 1982 foi presidida pelo hoje papa Bento 16- está recebendo um “tsunami” de denúncias de abuso de menores praticados por membros da igreja, revelou ontem a chefe da força-tarefa criada para prevenir novos casos, Elke Huemmeler.
Segundo ela, 120 relatos foram feitos desde a confirmação, há duas semanas, de que um padre foi transferido em 1980 para trabalhar com crianças em Munique, mesmo sendo suspeito de ter cometido abusos na cidade de Essen.
O sacerdote foi submetido a sessões de terapia, endossadas pelo papa Bento 16 -então cardeal Joseph Ratzinger e arcebispo de Munique e Freising. Segundo a arquidiocese, o retorno do padre, mais tarde, às atividades com jovens foi de responsabilidade de um auxiliar.
“É como um tsunami [de denúncias]”, afirmou Huemmeler. “Acredito que nunca ficamos tão chocados”, completou, em referência à cúpula da arquidiocese, que dirige cerca de 20 escolas, 570 instalações de cuidados infantis e vários grupos de jovens.
Os casos em Munique somam-se a diversos outros registrados em países europeus nas últimas semanas. Hoje, Bento 16 divulgará carta sem precedentes aos fiéis da Irlanda, na qual pedirá desculpas pelos abusos contra crianças em instituições ligadas à igreja no país, que é majoritariamente católico.

Com agências internacionais

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/ft2003201006.htm



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: